Home » Policia » Acusado de integrar facção criminosa é preso em Campo Maior


  • Policia

Acusado de integrar facção criminosa é preso em Campo Maior

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado, (Greco), e Diretoria de Inteligência da SSP, deflagrou nas primeiras horas de sexta-feira passada a Operação ‘Contraordem’, visando prender pessoas nas cidades de Teresina, Floriano, Campo Maior,  São João do Piauí e Mossoró-RN.

Um homem identificado como Paulo Anderson da Silva Moreira, mais conhecido como Barrão, foi preso em Campo Maior durante essa operação. Barrão foi detido em sua residência, localizada nas proximidades da conhecida quadra do Zabelão.

Barrão já foi transferido para a Casa de Detenção Provisória de Campo Maior. Barrão é acusado de fazer parte de facções criminosas que emitiam ordens para cometimento de crimes.

As buscas e prisões foram coordenadas pelo delegado Tales Gomes. No total foram expedidos 29 mandados de prisão preventiva pela central de inquéritos de Teresina em decorrência dos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas e homicídio.

De acordo com a polícia, foram presas pessoas que estavam em liberdade e foram presas pela prática de crimes ocorridos durante as investigações e pessoas que executavam ordens oriundas de pessoas presas.

Dentre os crimes apurados se destaca a decapitação de duas pessoas ocorridas neste ano na zona norte de Teresina.

Com informações de Jonas Sousa (Portal de Campo Maior)

Deixe seu comentário