Home » Geral » EDUCAÇÃO: IDEB de Campo Maior chega a 5.9 e bate a meta nacional


EDUCAÇÃO: IDEB de Campo Maior chega a 5.9 e bate a meta nacional

O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas), divulgou o resultado do o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019. O município de Campo Maior teve crescimento em relação ao ano de 2017, passando de 5.2 para 5.9, ultrapassando até a meta projetada para 2021.

Esse resultado foi comemorado pela gestão municipal, sobretudo pela equipe da Secretaria Municipal de Educação, uma vez que Campo Maior segue evoluindo nessa avaliação do ensino fundamental, apresentando crescimento no indicador, superando a meta nacional prevista de 5,7 pontos.

Com essa evolução, o município de Campo Maior subiu 17 posições no ranking de municípios. A boa notícia revelada pelo secretário municipal de Educação, Edvaldo Lima, é que todas as escolas da rede municipal de Campo Maior tiveram crescimento do IDEB e que houve um maior número de unidades escolares que bateram a meta.

“Essa melhoria do IDEB de Campo Maior é o resultado de equipe feito com professores, coordenadores, gestores escolares. Aqui na Secretaria de Educação nós temos técnicos que trabalham especificamente para melhorar os nossos índices”, comemora Edvaldo Lima.

A gerente municipal de Educação, professora Ana Maria, revela que em avaliações anteriores somente sete escolas haviam atingido a meta do IDEB, mas no resultado de 2019, 12 escolas conseguiram atingir a meta, ou seja, alcançaram o índice de 5.9.

“A evolução é fantástica porque a gente já até atingiu a meta projetada para 2021. O nosso IDEB está crescendo a cada avaliação. No histórico do IDEB estamos saindo de 3.5 para 5.9, saltando 2.4”, analisa.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica foi criado em 2007 para monitorar o desempenho da educação no Brasil. Ele reúne, em um só indicador, os resultados de duas dimensões de qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

O índice é calculado a partir dos dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar, e dos resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica, (Saeb).

Fonte: Ascom PMCM

Deixe seu comentário