Home » Política » ELEIÇÕES: Convenções partidárias já são permitidas a partir desta segunda (31)


ELEIÇÕES: Convenções partidárias já são permitidas a partir desta segunda (31)

As convenções partidárias, que vão definir as coligações e escolher os candidatos a prefeito e vereadores nas eleições municipais, têm início nesta segunda-feira (31/08), no Piauí, e em todo o país. Além disso, também inicia o período para registro de candidaturas no TSE.

De acordo com a resolução, os partidos poderão realizar suas convenções em formato virtual ou presencial até 16 de setembro, atendendo às recomendações de saúde para evitar a propagação do vírus.

Este ano, a data do pleito foi adiada em decorrência do avanço no número de casos do novo coronavírus. O primeiro turno das eleições municipais acontece no dia 15 de novembro, e o segundo está marcado para o dia 29 de novembro.

Em Campo Maior, três grupos políticos já confirmaram as datas de suas convenções. CONFIRA:

O primeiro foi o PSL, que tem o nome do vereador Fenando Miranda como pré-candidato a prefeito e João Alves Filho como vice. A convenção está confirmada para o dia 05 de setembro.

O PT que leva o nome do professor Ribinha à pre-candidatura a reeleição e tem como aliados PSD, PL, PR, PTB, PMB e PC do B, já marcou o evento para o dia 13 de setembro. O nome do vice ainda não está definido, embora o de Edilson Sousa seja atualmente o mais bem cotado, com Dra. Liege, Cíntia Félix e Marcelo Miranda cedendo a vaga.

O Advogado Wilson Espíndola (PSDB) já definiu que o Dr. Leandro Paixão será o seu vice e já confirmou sua convenção para o dia 15 de Setembro.

O MDB que tem como aliado PP e PSB, insiste no nome do ex-prefeito João Félix, que teve as contas reprovadas pela Câmara Municipal, mas entrou com recurso e faz um jogo triplo na escolha do vice, com os nomes de Josenaide Nunes, Humberto Filho e ainda o do ex-prefeito Marco Bona. O grupo definiu a data da convenção para o dia 6 de setembro.

Todas essas indefinições ainda podem mudar o cenário político de Campo Maior, principalmente com a desistência de nomes como os dos vereadores Paiva, João Maroca e Zé Chico. O certo é que até a realização das convenções e a oficialização de nomes para candidaturas de prefeito, vice e vereadores, muitas mudanças ainda podem ocorrer no cenário inicial da eleição municipal de 2020.

Deixe seu comentário