Home » Geral » Dados do Ideb/Inep apontam que a Educação de Campo Maior registrou crescimento e transformações


Dados do Ideb/Inep apontam que a Educação de Campo Maior registrou crescimento e transformações

O prefeito de Campo Maior Professor Ribinha, esta semana desafiou seus opositores a voltarem no tempo e ver o crescimento nos índices de sua gestão na área da educação no município de Campo Maior antes de 2010 até 2021, segundo os dados atualizados recentemente pelo Ideb/Inep. O atual secretário é o vereador Edvaldo Lima, ele substituiu a ex-secretária Conceição Lima.

De sua gestão como secretário de Educação a prefeito, nestes últimos três anos, a linha de crescimento foi subindo cada vez mais, conforme dados do Ideb/Inep.  “Educação é uma pasta que quem respeita a população do município, cuida”, destacou o prefeito.

Ele pediu, as pessoas que conheceram a educação antes de 2010, fazer uma análise nos dados, começando pelos índices do Ideb, também visitar as escolas, e conversar com os professores “que eles dirão”. Foram mais de 300 professores efetivos contratados em concurso público e não houve greve para receber seus salários.

MUDANÇAS NA EDUCAÇÃO DE CAMPO MAIOR

  • Antes de 2010 era assim. Alunos eram transportados para a zona rural em paus de araras, de forma desumana, insegura.
  • A frota de ônibus escolar era reduzida, hoje são mais de 18 atendendo mais de 1.450 alunos da zona rural.
  • As escolas saíram da idade medieval, com sentinas – para banheiros modernos. As mudanças são tanto na zona urbana quanto rural.
  • Concurso público. O município fez o maior, com a maior contratação de professores chegando a mais de 300 convocados.
  • Pagamento de professores em dia, representando o fim das greves em Campo Maior, onde os professores viviam nas ruas cobrando seus salários atrasados por mais de três meses, incluindo vantagens como 13º, Terço Férias  e outras.
  • De 2016 a 2020 alunos mais motivados, várias conquistas em Olimpíadas disputadas em nível estadual e nacional. Mais de 800 medalhas conquistas nas área de matemática, Português, Astronomia e Astronáutica.
  • Conquistas de prêmios e participação em feiras internacionais como o aluno Léo Pereira, e a Professora Silvana Orsano que estiveram no Chile e na Colômbia, apresentando o Projeto ‘Aventure-se na Leitura, premiado na Mostra de Ciências do Movimento Científico Norte e Nordeste em Imperatriz (Maranhão). Entre outrs mudanças.

Com informações de  Valdamir Alvarenga/Ascom PMCM

Deixe seu comentário