Home » Policia » Ex-jogador afirma que esfaqueou ex-mulher porque ela deixava os filhos sozinhos


  • Policia

Ex-jogador afirma que esfaqueou ex-mulher porque ela deixava os filhos sozinhos

Punhal utilizado pelo suspeito de esfaquear duas mulheres em festa na cidade de Campo Maior — Foto: Divulgação/ Polícia Militar

O ex-jogador de futebol Jandilson da Costa Monte, mais conhecido como Piau, é suspeito de ter esfaqueado a ex-mulher e uma amiga dela durante uma festa na cidade de Campo Maior. O crime aconteceu no último domingo (15). As duas mulheres foram socorridas e seguem internadas. O suspeito fugiu logo após o crime, mas se apresentou na manhã desta terça-feira (17).

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu na saída da festa. O suspeito usou um punhal para esfaquear a ex-mulher, Kiane Maria da Silva e uma amiga. De acordo com o investigador Baker Martins, da Polícia Civil de Campo Maior, a dinâmica do crime ainda está sendo apurada.

Segundo a delegada Camilla Miranda, o casal estava separado há oito meses. O homem alegou que no dia do crime havia passado o dia ingerindo bebida alcoólica. “Segundo ele, o motivo da agressão teria sido porque a ex-mulher estava saindo de casa e deixando os filhos sozinhos. Ele conta ter perdido o controle e cometeu o crime. Já a amiga que tentou ajudar também foi ferida”, contou.

Kiane Maria foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Urgências de Teresina (HUT). De acordo com o HUT, o estado de Kiane é estável. A amiga segue internada no Hospital Regional de Campo Maior. Segundo a Polícia Civil, o estado dela também é estável.

Deixe seu comentário