Home » Geral » Comercialização de suínos segue proibida em Campo Maior e em todo o estado


Comercialização de suínos segue proibida em Campo Maior e em todo o estado

O Coordenador da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí na cidade de Campo Maior, João Teixeira, enviou para a nossa equipe o ultimo relatório feito por meio do Grupo de Atenção às enfermidades Emergenciais ou Exótica (GEASE), sobre os focos da Peste Suína Clássica registrados em algumas cidades do Piauí, confirmando o último caso em São João do Arraial.

Dezesseis focos da doença já foram identificados no estado desde de abril de 2019 e encontram-se distribuídos pelos municípios de Brasileira, Cabeceia, Domingos Mourão, Lagoa do Piauí, Milton Brandão, Murici dos Portelas e São João do Arraial. A equipe do Portal Líder através do radialista Valdemir de Castro, perguntou ao coordenador  sobre a situação de Campo Maior, que não tem caso registado, mas mesmo assim a feira caiu muito de rendimento com após a proibição da comercialização.

João Teixeira deu a seguinte resposta: “A comercialização continua proibida não só em Campo Maior, mas em todas as feiras do estado como, também o trânsito desses animais em propriedades, através de uma portaria da ADAPI. Estamos em processo de saneamento dos focos e continuamos trabalhando através de amostras que enviamos para o laboratório e estamos aguardando o resultado de positivo ou negativo da Peste Suína Clássica. Por esse motivo o trânsito de suínos continua proibido até que se tenha um controle total.”

Ainda de acordo com a ADAPI, os produtores estão sendo indenizados com R$ 4,50 por quilo de peso dos animais vivos. Vale apenas lembrar que está proibido somente a comercialização, pois a doença só aparece de suíno para suíno, as pessoas não estão proibidas de se alimentar dos mesmos.

Deixe seu comentário