Home » Geral » MAIS DO MESMO: Várias autoridades marcam presença nas celebrações da Batalha do Jenipapo


MAIS DO MESMO: Várias autoridades marcam presença nas celebrações da Batalha do Jenipapo

As celebrações dos 196 anos da Batalha do Jenipapo aconteceram nessa quarta-feira (13/03) em Campo Maior. Uma missa abriu a programação com a presença da Vice-Governadora Regina Sousa, do prefeito professor Ribinha, da vice-prefeita Liege e de outras lideranças políticas da região.

Regina Sousa esteve presente para substituir o governador Wellington Dias (PT) que não compareceu à parte religiosa devido uma audiência com lideranças do Partido Progressista, com o Ministro do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedras e com o governador do Pará, Helder Barbalo, em Brasília.

Depois da missa na Catedral de Santo Antônio e do culto em ação de graças, no final da tarde, autoridades e populares marcaram presença na solenidade de entrega de honrarias no monumento dedicado aos heróis do jenipapo, que também contou com apresentação teatral.

Durante as comemorações, o governador Wellington Dias afirmou que é preciso lembrar que a luta que aconteceu às margens do riacho Jenipapo foi fundamental para a consolidação da independência do Brasil. “A Batalha do Jenipapo foi um marco importante para a Independência do Brasil. Também é o momento de prestarmos homenagem a homens e mulheres que prestaram relevantes serviços ao Piauí e Campo Maior”, disse.

Para o prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, a programação festiva é importante para ressaltar a importância da batalha do jenipapo, que, na avaliação dele, precisa ser mais conhecida pelos brasileiros. “A população de Campo Maior traz no sangue a herança dos heróis que lutaram na batalha do jenipapo. Precisamos valorizar esse momento, que foi decisivo para que o Brasil se tornasse independente, e acima de tudo, para que os piauienses e os nordestinos pudessem continuar essa vida com dignidade e respeito”, avaliou.

Já a vice-governadora, Regina Sousa, cobrou uma maior divulgação da historia da batalha do jenipapo nos ambientes escolares. “Já tivemos muitos avanços. Alguns livros de história já colocam a batalha como um evento importante para o Brasil, o que não acontecia no meu tempo, mas é preciso avançar mais”, pontou.

Informações / Ascom PMCM

Deixe seu comentário