Home » Política » Briga feia entre o Prefeito Ribinha e o presidente da Câmara Fernando Miranda


Briga feia entre o Prefeito Ribinha e o presidente da Câmara Fernando Miranda

Uma discussão entre o presidente da Câmara Municipal de Campo Maior, vereador Fernando Miranda e o prefeito José de Ribamar Carvalho, ambos do PT, chegou ao ponto de palavrões e exoneração de cargos. Tudo começou quando o vereador Fernando Miranda solicitou que o prefeito Ribinha afastasse o vereador Lustosa que também é do Partido dos Trabalhadores, afirmando que ele não é o pai de uma obra de estrada vicinal iniciada na comunidade Tangará e que até agora foi apenas iniciada. Lustosa representa aquela comunidade, mas a obra seria um pedido de Fernando.

Uma briga interna entre Fernando e Lustosa não permitiu que o segundo assumisse a cadeira, sob ameaças de cassação por conta da falta de eficiência nos quase R$ 50 milhões para realizar a obra de iluminação de led em toda a cidade. Fernando Miranda, que é responsável por indicações importantes, entre elas a do diretor do SAAE João Lima, além de presidir o Poder Legislativo de Campo Maior, usou o seu poder de fogo e disparou contra o chefe do executivo palavras de baixo calão, sendo que teria falado ainda em mudar o cenário politico, como por exemplo, deixar o Partido dos Trabalhadores e confirmar sua candidatura a prefeito, já anunciada indiretamente pelo parlamentar.

Na manhã desta terça feira (19/02) o parlamentar com o poder de presidente do Legislativo, convocou uma Sessão Ordinária para cobrar dos demais pares a união e os benefícios feitos por ele mesmo aos demais vereadores e prometeu continuar organizando a casa, como melhorias para os gabinetes, dando mais conforto. Usando a palavra, Fernando fez elogios ao ex-diretor do SAAE João Lima, já exonerado pelo prefeito Ribinha, e afirmou que não irá abrir mão de sua postura de continuar cobrando do prefeito para que as coisas aconteçam em Campo Maior.

Fernando Miranda finalizou dizendo que a partir de agora está em caminhos opostos ao do prefeito, a não ser em compromissos constitucionais. O prefeito professor Ribinha ainda não se pronunciou oficialmente sobre o rompimento com o vereador petista.

Deixe seu comentário