Home » Geral » Proliferação de moscas aumenta em 40% com período chuvoso


Proliferação de moscas aumenta em 40% com período chuvoso

Especialistas alertam que a proliferação de moscas aumenta em cerca de 40% com o período chuvoso. A médica Liégia Ribeiro explica que as doenças causadas por estes insetos podem ser bacterianas ou virais.

“As virais têm sintomas mais brandos e é uma doença que dura no máximo cinco dias. Já a doença bacteriana pode durar até 10 dias e os sintomas são mais intensos: febres mais altas, episódios de diarréias mais frequentes, acompanhado de dores no corpo, na cabeça, vômitos, o paciente pode ter quadro de desidratação”, explica a médica Liégia Ribeiro

Para evitar as indesejáveis viroses, a recomendação é lavar bem as mãos, usar água potável na manipulação dos alimentos, cobrir bem os alimentos.

“Todos esses cuidados diminuem drasticamente a doença. Como as crianças se desidratam mais rápido, a gente tem que ter o cuidado na hidratação, sempre hidratá-las de 2 em 2 horas e um ponto muito importante para as crianças é o uso do mosqueteiro. Os adultos também devem ter cuidado ao pegar nas mãos dos bebês porque eles colocam muito a mão na boca e podem se contaminar”, alerta a médica.

Além do incômodo de conviver com esses insetos, ele também é um vetor de doenças. Quando a mosca se alimenta, ela tem que jogar a saliva no alimento e depois sugar. Por isso, quando ela pousa nas fezes de um animal, por exemplo, e depois nos alimentos consumidos pelos seres humanos, transmite diversos parasitas.

Para evitar a proliferação de doenças é aconselhável cobrir os alimentos, manter o ambiente de cozinha limpo e sem resto de comida. Ou também fazer armadilhas que podem ser de dois tipos: um recipiente com água e sabão em pó e um prato com mel ou açúcar caramelado, itens que atraem as moscas e as eliminam automaticamente.

Com informações do Cidadeverde.com

Deixe seu comentário