Home » Geral » Barragem do Emparedado tem falha em sangradouro e deverá passar por reforma


Barragem do Emparedado tem falha em sangradouro e deverá passar por reforma

O diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela (foto), informou que duas barragens do Estado serão reparadas de forma urgente. Uma delas é a barragem do Bezerro, localizada em José de Freitas, que neste ano apresentou falhas estruturais e ficou com risco de rompimento.

O outro reservatório que vai passar por reforma emergencial é a barragem do Emparedado, em Campo Maior. O diretor informou que atualmente há falhas no sangradouro da represa, que foi construída na década de 70.

“São eventuais falhas em postos específicos no concreto do sangradouro”, explica o diretor. O sangradouro é responsável por aumentar a vazão da barragem.

De acordo com o diretor do Idepi, as obras serão feitas independente do Ministério da Integração Nacional liberar ou não recursos. Os processos licitatórios dos reparos já estão em andamento e devem ser concluídos no mês de dezembro.

“Caso o governo federal não libere os recursos, o governador Wellington Dias já autorizou fazer os reparos com recursos próprios  do governo do Estado”, assegura o diretor.

O investimento na barragem do Bezerro será de R$ 16 milhões. Já na barragem do Emparedado as obras são na ordem de R$ 4 milhões.

O diretor garante, ainda, que o período chuvoso não vai comprometer o andamento das obras.

O Idepi é responsável pela gestão de 11 barragens do Piauí. De acordo com o diretor, vistorias são realizadas nos reservatórios a cada 60 ou 90 dias.

O diretor nega, ainda, que as barragens do Bezerro e Emparedado tenham riscos de rompimento. “Estão em situação estável”, assegura.

Com informações de Izabella Pimentel/Cidade verde.com

Deixe seu comentário