Home » Política » Primeira pesquisa da semana mostra Bolsonaro com 59% e Haddad com 41%


Primeira pesquisa da semana mostra Bolsonaro com 59% e Haddad com 41%

A primeira pesquisa dessa segunda semana de campanha do 2º turno das eleições presidenciais mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 59% dos votos válidos e Fernando Haddad (PT) com 41%, uma diferença de 18 pontos percentuais. O levantamento feito por telefone ouviu 2 mil eleitores nas 27 unidades federativas do Brasil nos dias 13 e 14 de outubro. A pesquisa é do instituto FSB contratado pelo banco BTG Pactual.

Nos votos totais, quando são incluídos brancos e nulos, o Capitão do exército aparece com 51% contra 35% do petista. Já na espontânea, quando o entrevistador deixa o eleitor livre para responder sem falar o nome dos candidatos, Bolsonaro tem 49% contra 30% de Haddad.

Os números do levantamento praticamente repetem os resultados das pesquisas da semana passada. Na pesquisa XP, divulgada na quinta feira, Bolsonaro também teve 59% e no Datafolha o Capitão apareceu com 58% das intenções de voto contra 42% de Haddad.

Segundo a pesquisa, Bolsonaro lidera em praticamente todos os segmentos do eleitorado, inclusive entre as mulheres com 11 pontos de vantagem para o petista (47% a 36%). O capitão perde apenas em eleitores com renda de até um salário mínimo (49% a 35%) e na região Nordeste (55% a 30%).

Com relação a certeza do voto, os resultados mostram que o cenário do 2º turno está praticamente consolidado, já que os eleitores de Jair são os mais convictos, pois 94% deles dizem que sua escolha é definitiva. Foi assim no primeiro turno e está sendo assim também no segundo.

Outro número que chama atenção é a queda na rejeição a Bolsonaro, já que apenas 38% do eleitorado afirmou que não votaria de jeito nenhum no candidato de direita, 11% a menos que na semana passada. Já o poste de Lula é rejeitado por 53% do eleitorado.

A pesquisa também perguntou ao eleitor quem eles acham que vai ser o próximo presidente do Brasil. 70% deles afirmaram que Jair Bolsonaro será o vencedor e apenas 24% acreditam na vitória de Fernando Haddad.

Deixe seu comentário