Home » Política » BASTIDORES: Votação em Brasília, aniversário da cidade, Eugênios, Martins e Félix


BASTIDORES: Votação em Brasília, aniversário da cidade, Eugênios, Martins e Félix

 A VOTAÇÃO EM BRASILIA

Após quase 1 horas de trabalhos, a Câmara dos Deputados rejeitou a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), por corrupção passiva, proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR). A decisão aprova o relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) por uma margem menor do que a esperada: planilha do governo previa 303 votos “Sim”, mas o resultado final mostrou o apoio de 40 deputados a menos.

Parlamentares de estados ao Norte e ao Sul se alternaram ao microfone para dizer se estavam a favor do parecer de Abi-Ackel ou, ao contrário, votariam “Não”, defendendo o prosseguimento da acusação, como se posicionaram 227.

 255 ANOS DE CAMPO MAIOR-PI

Foi nesse município que ocorreu a mais violenta e única batalha sangrenta pela Independência do Brasil, a Batalha do Jenipapo. O 13 de março de 1823 teve papel decisivo para manter a unidade territorial do país. Consistiu na luta de vaqueiros, agricultores e outros trabalhadores contra as tropas do Major João José da Cunha Fidié, que cumpria ordens do Rei de Portugal, D.João VI, para que o norte do Brasil permanecesse sob o domínio português. O povo do Piauí, lutava com facões e instrumentos de trabalho, não com armas. Perderam a batalha, mas não a guerra. Depois disso, Fidié, seguiu para o Maranhão, onde foi rendido e preso.

Campo Maior foi elevado a município e distrito em 1761, sendo instalado em 8 de agosto de 1762.

Foi elevado a município em 28 de dezembro de 1899

O município já foi administrado pelos seguintes políticos:

  • Francisco Alves Cavalcante
  • Aldemar Mendes de Melo (interino)
  • Vicencia Alves de Menezes Cavalcanti
  • Antonio da Costa Leitão (interino)
  • José Martins Lustosa (interino)
  • Sigefredo Pacheco
  • José Paulino de Miranda
  • Francisco Alves Cavalcanti
  • Luis Capucho do Vale (interino)
  • Nilo de Santana Oliveira (interino)
  • Raimundo Ney Bauman
  • Ascendino Pinto de Aragão
  • Edgar Miranda (duas interinidades)
  • Manoel Felício Pinto (interino)
  • Joaquim Oleveira (interino)
  • Waldeck Bona (3 vezes)
  • Ovídio Bona (interino)
  • Aarão Santana (interino)
  • Humberto Bona (interino)
  • Aloísio Portela (interino)
  • Ivon Pacheco (interino)
  • Raimundo Nonato Monteiro de Santana
  • Oscar Castelo Branco Filho
  • José Olímpio da Paz
  • Alípio Ibiapina (interino)
  • João de Deus Torres
  • Agenor Leite Melo (interino)
  • Benício Melo (interino por 2 dias)
  • Raimundo Nonato Andrade
  • Jaime da Paz
  • Dácio Bona
  • José Olimpio da Paz
  • Joaquim Mamede Lima
  • Cezar Ribeiro Melo
  • Raimundo Nonato Bona (Carbureto)
  • Marco Aurélio Bona
  • Antônio Lustosa Machado
  • Raimundo Nonato Bona (Carbureto)

Maria Deusuíte Correa Bona (interina, 3 meses)

  • João Félix de Andrade Filho
  • Edvaldo da Silva Lima 17 a 31 de dezembro de 2010
  • Luís Rodrigues Lima 01/01 a 12 de fevereiro de 2011
  • Paulo Martins 13/02/2011 a 8 de agosto de 2012;
  • João Félix de Andrade Filho reassume por decisão do STFem 9 de agosto de 2012.
  • José de Ribamar Carvalho (Professor Ribinha) [

A PROGRAMAÇÃO DA PREFEITURA

O prefeito Ribinha aproveitou o aniversário da cidade para inaugurar obras inacabadas da gestão passada. Como: UBS do Bairro Fripisa, Centro Esportivo da AUCAM, Escola Zenita Pires na comunidade São Joaquim e o calçamento da Rua Mandubé no Bairro de Flores. Ainda entrou na programação a reforma do estádio Deusdedit de Melo, a reabertura da nossa principal Praça de Esporte contou com o inicio do campeonato amador de Campo Maior. Uma feira de Artesanatos e Festa em praça pública.

MARTINS X EUGÊNIOS

Apontados pela vice prefeita Liege Cavalcante como os grandes responsáveis pela vitória do prefeito Ribinha nas urnas, os irmão Eugênios estão sentido o sabor amargo do desprestigio do governo. De posse da Secretária de Turismo, Helder Eugênio força a barra para ser notado pelo ex-prefeito Paulo Martins e anuncia um Natal Milionário para Campo Maior. Os Eugênios arrendaram por um ano um espaço no Bairro Cidade Nova e prometem gastar quase R$ 2 milhões de reais com a festa de Natal, o dinheiro seria oriundo de várias emendas parlamentares junto a Assembleia Legislativa.

IRMÃOS FÉLIX LIDERAM PESQUISA

O Instituto BrVOX voltou a divulgar uma pesquisa com intenção de votos dos campo-maiorenses para deputado estadual e federal. O deputado Antônio Félix (PSD) lidera absoluto com 35%, seguido por Aluísio Martins (PT) com 11% e Devan Eugênio com 9%. A pesquisa divulga o nome do ex-prefeito Joãozinho Félix (PPS) com 29% para federal, seguido pelo ex-prefeito Paulo Martins (PT) com 19%. Ainda aparecem os nomes de Rejane Dias com 9%, Fábio Abreu com 7% e Devan Eugênio com 5%. Segundo o Instituto BrVOX foram entrevistados 320 eleitores nos dias 14 e 15 de Julho.

Deixe seu comentário