Home » Geral » Secretário Carlos Torres confirma venda de churrascarias. Líder da oposição é contra


Secretário Carlos Torres confirma venda de churrascarias. Líder da oposição é contra

Carlos Torres, Secretário Municipal de Relações Institucionais, concedeu entrevista ao repórter Bené Macedo do Portal Lider, confirmando a reapresentação do Projeto de Lei do ex-prefeito Paulo Martins que pede a autorização dos vereadores para a venda das churrascarias Havaí e Mistura Fina, localizados as margens do açude grande de Campo Maior.

Na entrevista Carlos Torres afirma que a maior parte do dinheiro da venda é para pagar o débito da Previdência Privada de Campo Maior e o restante deve ser investido no turismo, possivelmente na construção de um Hotel. Esse projeto de Lei foi apresentado na administração do ex-prefeito Paulo Martins, responsável por descontar os valores de INSS dos contracheques dos servidores e desviar o dinheiro para outras finalidades.

O vereador Hamilton Segundo, que é líder da oposição na Câmara Municipal, esteve na redação do Portal Lider  para afirmar que o seu posicionamento para bancada de oposição que conta com quatro vereadores é votarem contra o projeto, embora a maioria da casa legislativa em torno de nove vereadores façam parte da bancada de sustentação ao governo.

Hamilton comentou que a única forma do projeto não ser aprovado seria a mobilização da população de Campo Maior. O parlamentar disse que é praticamente inconstitucional vender prédios públicos para pagar dividas de irresponsabilidade de um gestor que descontou a contribuição dos servidores e não repassou para a previdência, “O ex-gestor é que tem que pagar essas dividas perante a Justiça.”

O Sindicato dos Servidores Públicos do Município (SINDSERM) através de seu assessor Jurídico, Dr. Ribamar Coelho, na primeira votação se manifestou contrário, mas nessa segunda votação ainda não fez nenhum questionamento sobre o referido projeto.

Deixe seu comentário