Home » Política » Justiça suspende direitos políticos do ex-prefeito de Campo Maior Paulo Martins


Justiça suspende direitos políticos do ex-prefeito de Campo Maior Paulo Martins

Uma verdadeira bomba acabou de cair no colo do ex-prefeito de Campo Maior Paulo Martins, já que o mesmo planeja ser candidato a deputado federal nas próximas eleições. É que Paulo acaba de ser condenado por Improbidade Administrativa e teve seus direitos políticos suspensos por 5 anos.

O juiz da 2º vara de Campo Maior, Leandro Emídio Lima e Silva Ferreira, condenou o ex-prefeito Paulo César de Sousa Martins e o ex-controlador do município, Albino Lopes de Sousa Neto por Improbidade Administrativa referente aos anos de 2013 e 2014. A denúncia foi realizada pelo Ministério Público, após negativa dos gestores em readequar a folha de pagamento, que estava desrespeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal, configurando assim, desequilíbrio financeiro das contas públicas.

Os dois foram condenados à suspensão dos direitos políticos por 05 anos, além de multa de 20 vezes o valor que recebiam quando estavam ocupando os respectivos cargos públicos. Fora isso, estão proibidos de contratarem com o poder público ou receberem benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócios majoritários pelo prazo de 03 anos.

A decisão coloca ainda, que caso os mesmos exercessem cargos públicos, teriam que deixá-los de exercê-los. Entretanto, não foi comunicado ao Juiz que Paulo Martins é hoje presidente da FUNDESPI (Fundação de Esportes do Piauí). Se comunicado pelo Ministério Público que o mesmo está como gestor, O juiz pode decretar a imediata perda do Cargo Público.

Com informações do Portal De Olho

Deixe seu comentário