Home » Saúde » ABANDONADO: Hospital de Campo Maior fica sem médico nas primeiras horas de 2015


ABANDONADO: Hospital de Campo Maior fica sem médico nas primeiras horas de 2015

O SAMU e o Hospital Regional de Campo Maior (HRCM) começaram o ano sem médico em seus plantões. O primeiro dia do ano, que geralmente deve ter um cuidado redobrado, começou sem um serviço essencial tendo em vista que nesta época do ano, em virtude das festividades, algumas pessoas acabam misturando álcool com direção e provocando acidentes.

De acordo com informações repassadas a imprensa, no HRCM uma coordenadora e um médico da maternidade é que estavam tendo que suprir a necessidade e socorrendo as vítimas. Pelo menos quatro pessoas deram entrada vítima de acidentes automobilísticos neste primeiro dia do ano.

O Hospital, que é administrado pelo Governo Estadual, começa o ano sem ninguém no comando, já que o ex-governador Zé Filho, assinou uma portaria, antes de acabar seu mandato, demitindo todos os ocupantes de cargos comissionados, entre eles os comandantes dos cargos estaduais de Campo Maior. Mesmo sabendo disso, o novo governador, que tomou posse na manhã desta quinta-feira não colocou a sua equipe de transição para atentar ao caso para não deixar os órgãos sem comando, como é o exemplo do Hospital de Campo Maior. A ex-diretora Ana Karine disse que não pode mais fazer nada, pois já foi exonerada do cargo. Ainda não se sabe qual será a medida adotada pelo novo governador e seu secretário estadual de saúde para evitar maiores problemas naquela casa de saúde.

O SAMU de Campo Maior que é gerido pela prefeitura municipal através da secretaria municipal de saúde, também não tinha médico, mas a reportagem não conseguiu falar com os responsáveis para saber o motivo. O órgão tem passado por vários problemas. Até poucos dias o SAMU não tinha sequer ambulância para fazer os atendimentos e estava trabalhando com um veiculo alugado e totalmente descaracterizado.

Fonte: Wesley Paz( C.M.em foco)

Deixe seu comentário