Home » Geral » Poder público municipal abandona patrimônio da cidade e bota culpa nos vândalos


Poder público municipal abandona patrimônio da cidade e bota culpa nos vândalos

A assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Campo Maior postou uma matéria em seu site denunciando que alguns vândalos estariam destruindo a Praça Bona Primo, na matéria são mostradas fotos de lixeiras e bancos destruídos, além do Memorial Monsenhor Mateus que está abandonado.

Memorial Monsenhor Mateus totalmente abandonado. Foto: Ascom PMCM.

Mas pensando bem, a culpa disso tudo não é dos possíveis vândalos, e sim do poder público, que abandonou não só a Praça Bona Primo, mas também o Complexo Valdir Fortes, a Praça da Bandeira, o Mercado do Produtor Rural, entre outras obras deixadas pelo ex-prefeito João Félix.

Lixeiras quebradas. Foto: Ascom PMCM.

Felipe Silva, morador da região da Praça Bona Primo fez um comentário desmentindo totalmente a matéria do portal da prefeitura, o mesmo diz que a praça está abandonada. Ele lembra que não são só os bancos que estão quebrados, mas uma parte do piso que foi arrancada a mais de um ano e não foi consertada, o mesmo reclama também de um vazamento existente no local que nunca foi feito o reparo.

Bancos destruídos. VANDALISMO OU ABANDONO? Foto: Ascom PMCM.

A uma semana a própria Prefeitura Municipal promoveu um Festival de Quadrilhas no Complexo de Cultura e Lazer Valdir Fortes, e na montagem das arquibancadas um dos bancos foi completamente destruído, pura falta de cuidado com o patrimônio público; o empresário Kinkim deu uma entrevista recentemente falando que os banheiros do local estão todos sujos e quebrados, em total estado de abandono. A Praça da Bandeia é mais uma que está abandona pelo poder público municipal. No Mercado do Produtor Rural no Bairro Matadouro existe um vazamento a mais de um ano, e nunca foi feito nenhum tipo de reparo.

Bando do Complexo foi destruído para a montagem de arquibancadas. Foto: Campo Maior em foco.

E aí, a culpa é realmente dos vândalos? Mas se os vândalos estiverem mesmo quebrando o patrimônio público, será que o certo não seria o poder público consertar ao invés de ficar tentando dar uma de inocente botando culpa nos outros?

Veja abaixo o comentário feito por Felipe Silva, um dos moradores da região da Praça Bona Primo:

Deixe seu comentário